28 de janeiro de 2014

O último suspiro de uma história com prazo de validade vencida...

Campainha.
Frio na barriga.
Abraço apertado.
Respiração ofegante.

Fazia muito tempo que não se viam. Já não eram mais os mesmos.
Era estranho estarem ali.
O coração não batia como antes.
E no verso, o carimbo do prazo de validade dizia Dezembro/2012.

Se trataram como bons amigos.
Relembraram dos 365 "e se" que os atormentavam... um para cada dia do ano.

Sorriram.
Se abraçaram, meio encabulados.
Havia de fato vencido, acabado, rompido, terminado.
Não havia recomeços, nem nada que justificasse todos os tropeços.

Era o fim.
Fechou a porta.
Respirou aliviada.
Ela sabia que estava diante do ponto final ... ainda sem entender o porquê, compreendeu que aquele momento era o último suspiro de uma história com prazo de validade vencida...


Um comentário:

  1. E como é bom saber que a gente fechou um ciclo, não é amiga?
    Tinha até esquecido que temos também isso em comum - um blog pra chamar de nosso!

    Beijinhos

    ResponderExcluir