13 de março de 2014

Apagou...?

A luz acendeu? Fraquinha... brilhou uma vez, mas logo se apagou.
Gostaria de sentir tudo aquilo novamente.
Frio na barriga. Mãos geladas. Sorrisos de orelha a orelha.

Era bom estar completa. Funcionava como a poção da felicidade. Todo dia havia uma dose a ser ingerida.

Torcia para que a luz voltasse a brilhar.
Não como antes...
Uma nova cor. Uma nova lâmpada.
Tudo novo de novo... mas precisava ser novo!

Viver em meio a um "apagão" não servia para ela.
Intensa, como sempre foi, queria brilhar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário