17 de fevereiro de 2017

incontáveis, mas doces suspiros...

Ela ainda lembra dos momentos que antecederam aquele beijo.
Sorrisos.
Braços entrelaçados.
Incontáveis, mas doces suspiros...

Era noite de céu estrelado,
e lua quase cheia.

Olhou para ele.
Ele olhou para ela.
Estáticos, eles ficaram.
O que ela pensava?
O que ele queria?

Quando os lábios se tocaram,
ela decidiu que aquele momento deveria virar poesia...



Nenhum comentário:

Postar um comentário